Histórias para motivar

Mostrando 1 - 10 de 11

Waldenes Araujo Waldenes Araujo
10 postagens
Desde 28/07/10


” O jovem e as estrelas do mar ”

Numa praia tranqüila, junto a uma colônia de pescadores, morava um escritor. Todas as manhãs, ele ficava passeando pela praia, olhando as ondas. Assim, ele se inspirava e à tarde ficava em casa escrevendo…

Um dia, caminhando pela areia, ele viu um velho que parecia dançar. Chegou mais perto e viu que era um jovem, pegando na areia as estrelas do mar, uma por uma e jogando de volta ao oceano,

E aí? – disse o jovem num sorriso, sem parar o que fazia.

- Por que você está fazendo isso? Perguntou-lhe o escritor, curioso.

- Não vê que a maré baixou e o sol está brilhando forte? Se essas estrelas ficarem aqui na areia vão secar no sol e morrer!

O escritor até que achou bonita a intenção do garoto, mas deu um sorriso e comentou:

- Só que existem milhares de quilômetros de praia por esse mundo afora, meu caro. Centenas de milhares de estrelas-do-mar devem estar espalhadas por todas essas praias, trazidas pelas ondas. Você aqui, jogando umas poucas de volta ao oceano, que diferença faz?… O jovem olhou para o escritor, pegou mais uma estrela na areia, jogou na água do mar, voltou a olhar para ele e disse:

- Pra essa, eu fiz diferença.

Naquela tarde, o escritor não conseguiu escrever. À noite, mal conseguiu dormir. De manhãzinha, bem cedo foi para a praia.

O jovem pegava as primeiras ondas do dia com sua prancha e logo veio também para a areia. Juntos com o sol, ainda manso e começando a subir, começaram a jogar estrelas-do-mar de volta ao oceano.

” Você deve fazer diferença na vida. Passar pela vida e viver. Participar da Criação e contribuir com alguma coisa.”

Para fazer diferença no mundo, você não precisa ser um líder político, um gênio da ciência ou uma super estrela. Cada um no seu campo, tem seu modo de criar e atuar positivamente na vida. Não copie o jeito do outro, e não faça aquilo que os outros querem que você faça: você precisa atuar com o seu próprio jeito, o seu talento, acreditar e gostar realmente do que faz…

Afinal você é imagem e semelhança de DEUS e veio ao mundo para viver de forma especial e levar a sua mensagem ás outras pessoas…

Waldenes Araujo Waldenes Araujo
10 postagens
Desde 28/07/10


CRISE

Crise, é a melhor benção que pode advir ás pessoas e países, porque ela traz como conseqüência o progresso, a criatividade que nasce da angustia, e um “novo dia” que chega do ventre da tempestade.

É na crise que surgem as invenções, as descobertas, as reflexões e as grandes estratégias de marketing.

Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar superado, e quem pendura no gancho da crise seus fracassos e lamúrias, violenta o seu próprio talento, dedicando mais respeito a problemas que soluções.

A crise é uma farsa da incompetência, pois o problema de países e de pessoas é a falta do auto-gerenciamento.

Sem crise ninguém tem méritos.

É só na crise que você mostra a sua capacidade.

Por isso, falar de crise é promovê-la, calar na crise é exaltar o conformismo.

Em vez disso, trabalhe duro. Desinflacione a crise você mesmo e acabe de uma vez com a única crise ameaçadora, que é o da tragédia de não saber pôr onde começar.

Ricky Lunardello Ricky Lunardello
25 postagens
Desde 03/12/10


É a sua vez!!
Uma família estava ilhada por conta de uma enchente que assolou a região onde moravam. Para se salvarem deveriam fazer uma longa caminhada. O problema era que na família tinha um bebê recém nascido e a pessoa mais velha da família - o avô - já contava com 78 anos. As águas continuavam a subir e se eles não fossem embora na direção da cidade vizinha seriam engolidos pela enchente e todos fatalmente morreriam. Entre as cidades havia uma montanha que teria que ser vencida. A família iniciou a caminhada e combinaram para que ninguém ficasse exausto que o bebê seria carregado por todos os componentes do grupo, em sistema de revezamento.
Depois de várias horas de subida difícil, a pessoa mais velha se sentou no chão e quase em desespero, suplicou:
- Deixem-me para trás. Não vou conseguir. Continuem sozinhos.
- De forma alguma o deixaremos. Você tem de conseguir.
- Não - insistiu. - Deixem-me aqui.
O filho não se deu por vencido. Aproximou-se do pai e, energicamente, disse-lhe:
- Vamos pai. Precisamos do senhor. É a sua vez de carregar o bebê.
O avô se levantou.
- Claro - falou. - É a minha vez. Passem-me o bebê.
O grupo prosseguiu, com o avô carregando a netinha.
Naquele dia, toda a família conseguiu chegar à cidade vizinha e todos foram salvos.

=========
Pois é pessoal, eu já carreguei o bebê, Jeane já carregou, vários outros concursandos vencedores já carregaram e agora – É A SUA VEZ!!!!

Abraços e sorte,
Ítalo Romano

Nathaly R. Nathaly R.
14 postagens
Desde 13/03/10


"O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem."

Por Roberto Shinyashiki

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.
Mas, para obter resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterás os mesmos resultados. Não compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. A ilusão não tira ninguém de onde está. Ilusão é combustível de perdedores. "Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa."

Elisabete Elisabete
2 postagens
Desde 31/08/11


"O rei e o sábio" - (AUTOR DESCONHECIDO)

Era uma vez… Um rei que morava num riquíssimo castelo.
Um dia, levantou-se apavorado. Havia tido um sonho terrível no qual teria perdido de uma só vez todos os dentes. Preocupado, ordenou:
- Chame o meu melhor sábio.
Em poucos minutos, lá estava o sábio diante do rei. Após
contar-lhe o sonho terrível, ordenou-lhe:
- Diga-me, sábio, o que significa esse meu sonho?
O sábio pensou… pensou… pensou… e, virando-se para o rei, disse-lhe:
- Majestade, vai acontecer uma desgraça na sua família. Uma doença terrível vai invadir o castelo e morrerá o mesmo número de parentes tanto quanto for o número de dentes perdidos em seu sonho.
O rei, furioso, ordenou ao seu comandante da guarda que amarrasse o sábio no toco e lhe desferisse cem chibatadas diante de todos os súditos.
- Chame outro sábio, este é um idiota – ordenou aos gritos.
Logo, logo, lá estava o outro sábio diante do rei. Contando-lhe todo o sonho terrível, ordenou-lhe:
- Diga-me, sábio, o que significa esse sonho?
O sábio pensou… pensou… pensou… e, olhando nos olhos do rei deu um sorriso largo, disse:
- Vossa Majestade é realmente um iluminado, um protegido por Deus. O número de dentes que sonhou perder será o mesmo número de familiares que morrerão vítimas de uma doença terrível.
Mas, apesar de toda a desgraça do castelo, Vossa Alteza irá sobreviver são e salvo.
O rei, feliz da vida, ordenou que lhe entregassem cem moedas de ouro.
Quando este saía do palácio, um dos cortesãos lhe disse admirado:
- Não é possível! A interpretação que você fez foi à mesma que o seu colega havia feito. Não entendo porque ao primeiro ele puniu com cem chibatadas e a você ele recompensou com cem moedas de ouro.
- Lembra-te meu amigo – respondeu o adivinho – que tudo depende da maneira de dizer. Um dos grandes desafios da humanidade é aprender a arte de comunicar-se com sucesso. Da comunicação depende, muitas vezes, a felicidade ou a desgraça, a paz ou a guerra. Que a verdade deve ser dita em qualquer situação, não resta dúvida. Mas a forma com que ela é comunicada é que tem provocado, em alguns casos, grandes problemas. A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa. Se a lançarmos no rosto de alguém pode ferir, provocando dor e revolta. Mas se a envolvemos em delicada embalagem e a oferecemos com ternura, certamente será aceita com facilidade. A embalagem, nesse caso, é a indulgência, o carinho, a compreensão e, acima de tudo, a vontade sincera de ajudar a pessoa a quem nos dirigimos. Ademais, será sábio de nossa parte se antes de dizer aos outros o que julgamos ser uma verdade, dizê-la a nós mesmos diante do espelho. E, conforme seja a nossa reação, podemos seguir em frente ou deixar de lado o nosso intento. Importante mesmo é ter sempre em mente que o que fará diferença é a maneira de dizer as coisas…

Markos Silvan Markos Silvan
22 postagens
Desde 02/01/12


ORAÇÃO AOS MOÇOS

Rui Barbosa

Senhores:

Tomai exemplo, estudantes e doutores, tomai exemplo das estrelas da manhã, o gozareis das mesmas vantagens: não só a de levantardes mais cedo a Deus a oração do trabalho, mas a de antecederdes aos demais, logrando mais para vós mesmos, e estimulando os outros a que vos rivalizem no ganho bendito.
Há estudar, e estudar. Há trabalhar, e trabalhar. Desde que o mundo é mundo, se vem dizendo que o homem nasce para o trabalho: "Homo nascitur ad laborem". Mas o trabalhar é como o semear, onde tudo vai muito das sazões, dos dias e das horas. O cérebro, cansado e seco do laborar diurno, não acolhe bem a semente: não a recebe fresco e de bom grado, como a terra orvalhada. Nem a colheita acode tão suave às mãos do lavrador, quando o torrão já lhe não está sorrindo entre o sereno da noite e os alvores do dia.
Dirão que tais trivialidades, cediças e corriqueiras, não são para contempladas num discurso acadêmico, nem para escutadas entre doutores, lentes e sábios. Cada um se avém como entende, e faz o que pode. Mas eu, nisto aqui, faço ainda o que devo. Porque, vindo pregar-vos experiência, cumpria que relevasse mais a que mais sobressai na minha estirada carreira de estudante.
Estudante sou. Nada mais. Mau sabedor, fraco jurista, mesquinho advogado, pouco mais sei do que saber estudar, saber como se estuda, e saber que tenho estudado. Nem isso mesmo sei se saberei bem. Mas, do que tenho logrado saber, o melhor devo às manhãs e madrugadas. Muitas lendas se têm inventado, por aí, sobre excessos da minha vida laboriosa. Deram, nos meus progressos intelectuais, larga parte ao uso em abuso do café e ao estímulo habitual dos pés mergulhados n'água fria. Contos de imaginadores. Refratário sou ao café. Nunca recorri a ele como a estimulante cerebral. Nem uma só vez na minha vida busquei num pedilúvio o espantalho do sono.
Ao que devo, sim, o mais dos frutos do meu trabalho, a relativa exabundância de sua fertilidade, a parte produtiva e durável da sua safra, é às minhas madrugadas. Menino ainda, assim que entrei ao colégio, alvidrei eu mesmo a conveniência desse costume, e daí avante o observei, sem cessar, toda a vida. Eduquei nele o meu cérebro, a ponto de espertar exatamente à hora, que comigo mesmo assentava, ao dormir. Sucedia, muito amiúde, encetar eu a minha solitária banca de estudo à uma ou às duas da antemanhã. Muitas vezes me mandava meu pai volver ao leito; e eu fazia apenas que lhe obedecia, tornando, logo após, àquelas amadas lucubrações, as de que me lembro com saudade mais deleitosa e entranhável.
Tenho, ainda hoje, convicção de que nessa observância persistente está o segredo feliz, não só das minhas primeiras vitórias no trabalho, mas de quantas vantagens alcancei jamais levar aos meus concorrentes, em todo o andar dos anos, até à velhice. Muito há que já não subtraio tanto às horas da cama, para acrescentar às do estudo. Mas o sistema ainda perdura, bem que largamente cerceado nas antigas imoderações. Até agora, nunca o sol deu comigo deitado, e, ainda hoje, um dos meus raros e modestos desvanecimentos é o de ser grande madrugador, madrugador impenitente.
Mas, senhores, os que madrugam no ler, convém madrugarem também no pensar. Vulgar é o ler, raro o refletir. O saber não está na ciência alheia, que se absorve, mas, principalmente, nas idéias próprias, que se geram dos conhecimentos absorvidos, mediante a transmutação, por que passam, no espírito que os assimila. Um sabedor não é armário de sabedoria armazenada, mas transformador reflexivo de aquisições digeridas.
Já se vê quanto vai do saber aparente ao saber real. O saber de aparência crê e ostenta saber tudo. O saber de realidade, quanto mais real, mais desconfia, assim do que vai apreendendo. como do que elabora.
Se cada um de vós meter bem a mão na consciência, certo que tremerá da perspectiva. O tremer próprio é dos que se defrontam com as grandes vocações, e são talhados para as desempenhar. O tremer, mas não o descorçoar. O tremer, mas não o renunciar. O tremer, com o ousar. O tremer, com o empreender. O tremer, com o confiar. Confiai, senhores. Ousai. Reagi. E haveis de ser bem sucedidos. Deus, pátria, e trabalho. Metei no regaço essas três fés, esses três amores, esses três signos santos. E segui, com o coração puro. Não hajais medo a que a sorte vos ludibrie. Mais pode que os seus azares a constância, a coragem e a virtude.
Idealismo? Não: experiência da vida. Não há forças, que mais a senhoreiem, do que essas. Experimentai-o, como eu o tenho experimentado. Poderá ser que resigneis certas situações, como eu as tenho resignado. Mas meramente para variar de posto, e, em vos sentindo incapazes de uns, buscar outros, onde vos venha ao encontro o dever, que a Providência vos havia reservado.
Encarai, jovens colegas meus, nessas duas estradas, que se vos patenteiam. Tomai a que vos indicarem vossos pressentimentos, gostos e explorações, no campo dessas nobres disciplinas, com que lida a ciência das leis e a distribuição da justiça. Abraçai a que vos sentirdes indicada pelo conhecimento de vós mesmos. Mas não primeiro que hajais buscado na experiência de outrem um pouco da que vos é mister, e que ainda não tendes, para eleger a melhor derrota, entre as duas que se oferecem à carta de idoneidade, hoje obtida.
Por derradeiro, amigos de minha alma, por derradeiro, a última, a melhor lição da minha experiência. De quanto no mundo tenho visto, o resumo se abrange nestas cinco palavras:
Não há justiça, onde não haja Deus.

Luciana Luciana
1 postagem
Desde 20/12/11


A estória dos sapinhos….

Lição de vida

Era uma vez um grupo de sapinhos que organizaram uma competição. O objetivo era alcançar o topo de uma torre muito alta.
Uma multidão se juntou em volta da torre para ver a corrida e
animar os competidores...
A corrida começou...
Sinceramente:
Ninguém naquela multidão toda realmente acreditava que sapinhos tão pequenos pudessem chegar ao topo da torre.
Eles diziam coisas como:
"Oh, é dificil DEMAIS!!
Eles NUNCA vão chegar ao topo."
ou:
"Eles não tem nenhuma chance de sucederem. A torre é muito alta!"
Os sapinhos começaram a cair. Um por um...
... Só algums poucos continuaram a subir mais e mais alto...
A multidão continuava a gritar
"É muito difícil!!! Ninguém vai conseguir!"
Outros sapinhos se cansaram e desistiram...
...Mas UM continuou a subir, e a subir...
Este não desistia!
No final, todos os sapinhos tinham desistido de subir a torre. Com exceção do sapinho que, depois de um grande esforço, foi o único a atingir o topo!
Naturalmente, todos os outros sapinhos queriam saber como ele coneguiu?

Um dos sapinhos perguntou ao campeão como ele conseguiu forças para atingir o objetivo?

E o resultado foi…
Que o sapinho campeão era SURDO!!!!
A moral da estória é:

Nunca dê ouvidos a pessoas com tendências negativas ou pessimistas...
…porque eles tiram de você seus sonhos e desejos mais maravilhosos. Aqueles que você tem no coração!

Sempre se lembre do poder das palavras.
Porque tudo o que você ouvir e ler irá afetar suas ações!

Portanto:

Seja SEMPRE…

POSITIVO!

E acima de tudo:

Seja SURDO quando as pessoas dizem que VOCÊ não pode realizar SEUS sonhos!
Sempre pense:
Eu POSSO fazer tudo que quiser!!!

claudia claudia
2 postagens
Desde 04/05/12


Uma história real ...

em 2002 eu trabalha em um shopping aqui onde moro e conheci um casal. Os dois também trabalhavam em loja porém a menina ( que eu vou chamar de Carla ) queria crescer na vida, por isso a todo momento ela ia voltava trabalhando em loja, um certo dia eu estava fechando meu caixa quando Carla chegou, eu fiquei surpresa pois não a via há muito tempo. Foi nesse dia que descobri o que Carla estava fazendo, ela trabalhava de 6 até 8 meses em alguma loja e era demitida, conseguia assim seu axílio desemprego e estudava durante o período que ele existia, comprava material e fazia o máximo possível de cursos, mandava o namorado ir a praia sozinho para não distraí-la, se fechava no quarto, estudava até altas horas ... quando o auxílio acabava ela voltava para o shopping pois precisava do dinheiro para se manter. Em 2007 eu entrei para a faculdade porém como foi para o 2° semestre fiquei trabalhando no shopping para ter uma grana extra, e encontrei Carla novamente trabalhando lá, fiquei surpresa depois de tanto tempo ela ainda não conseguira entrar em algum concurso, porém dessa vez foi diferente, ela estava lá pois já havia passado no TRE e estava apenas esperando ser chamada ... O tempo passou eu entrei na faculdade sai do shopping e nunca mais vi Carla ... só que HOJE, é hoje dia 06/01/2011 , eu fui à praia um pouco e encontrei com ela, quando a vi não acreditei e claro ainda não sabia o que havia acontecido ... esperei um pouco e perguntei e o concurso ??? ela me respondeu - Ah eu estou no TRE , neste momento estou de recesso, estou teminando a faculdade e quero ser juíza. Quando ela me disse aquilo, sabendo tudo o que ela passou, eu pensei ... nossa, eu sou uma pessoa privilegiada, pois não tenho contas para pagar, moro muito bem com meus pais, não tenho filhos, e só preciso estudar ... sai da praia com uma certeza ... este ano eu vou passar em algum concurso ! é só querer e estudar !!
Parabéns a todas as Carlas do mundo !

Amyr Gorayeb Amyr Gorayeb
4 postagens
Desde 24/02/11


gostei das historias, motivam mesmo.

Markos Silvan Markos Silvan
22 postagens
Desde 02/01/12


Tempo de provação — horas de resistência.

Não esmoreças.
Terás tido lutas ou estarás dentro delas, qual ocorre a tantos outros companheiros.
Observas lares numerosos em dificuldade pela própria sobrevivência.
Notaste almas queridas em processo de desvinculação violenta.
Acompanhaste a desencarnação imprevista de pessoas amadas.
Por outro lado, encontras novas telas de sofrimento como sejam:
Acidentes de resultados amargos;
moléstias obscuras;
milhares de criaturas em fuga para as drogas de excitação ou de inércia;
experiências estranhas;
desajustes psicológicos.
Entretanto, não te deixes abater e caminha para diante.
Resiste aos movimentos que tendam a desfibrar-te a coragem mantém-te de pé na tarefa a que a vida te buscou.
Recorda que tudo se altera para o bem.
Obstáculos são, por si, movimentos de renovação e progresso.
O que possa parecer fracasso ou desencanto é preparação para um mundo novo.
Ninguém retrocede.
Sem problemas, não há lições e, sem lições, a evolução não partiria da estaca zero.
Não há corações transviados e sim companheiros em transformação.
Hoje será sempre o dia de se realizar o melhor.
Ninguém nasceu para tristeza ou desânimo.
Não existem criaturas que o trabalho não melhore.
Não conseguimos modificar os outros, mas ser-nos-á sempre possível renovar a nós mesmos.
Estejamos convencidos de que nunca é tarde para que alguém seja feliz e que o Reino de Deus está dentro de nós. E com semelhante luz ser-nos-á possível esquecer quaisquer provações e vencê-las, situando-nos, desde agora, a caminho da Vida Superior...

siele siele
1 postagem
Desde 02/04/13


Três coisas na vida que depois de passarem não voltam
1. Tempo
2. Palavras
3. Oportunidades
Três coisas que podem destruir uma pessoa
1. Raiva
2. Orgulho
3. Não perdoar
Três coisas que nunca devemos perder
1. Esperança
2. Paz
3. Honestidade

Três coisas que são valiosas
1. Amor Verdadeiro
2. Familia
3. Amigos
Três coisas que nunca podem ser dadas como certas
1. Fortuna
2. Sucesso
3. Sonhos
Três coisas que fazem ser uma pessoa digna
1. compromisso
2. Sinceridade
3. Trabalho honesto
Três verdades constantes
- Pai – Filho – Espirito Santo

Pedi a Deus que te abençoasse hoje e sempre;
que te guie e proteja, ao longo da tua caminhada.
O Amor de Deus está sempre contigo,
As promessas de Deus são verdadeiras.
E quando Lhe entregas todos os teus problemas,
Tu sabes que Ele os resolverá.

Deus te abençoe!

ATEPASSAR TECNOLOGIA EM PORTAIS EDUCACIONAIS LTDA. / CNPJ: 13283895/0001-60 / Endereço: Rua do Apolo, 161 - Recife, PE - 50030-220 / Atendimento ao cliente
©2013 AtePassar.com. Todos os Direitos Reservados.
AtéPassar - Organizando seus estudos para concursos públicos